porto-seguro

Bom Eu e Minha Esposa resolvemos passar o réveillon em um lugar diferente, mas não sabíamos pra onde. Então começamos a pesquisar para onde poderíamos ir sem gastar muito e achamos passagens aéreas e hospedagem mais em conta para Porto Seguro. Compramos as passagens pela TAM na ocasião

e achamos um hotel mais em conta no centro (Casa Branca Hotel). Faltando 10 dias para a viagem que seria do dia 27/12/2009 a 02/01/2010 o Hotel liga para nos e informa que estaria migrando nossa hospedagem para outro hotel parceiro, ficamos apreensivos por conta disso, não sabíamos para onde estavam nos mandando e só ficamos mais tranquilos quando vimos as fotos do hotel, Hotel Porto das Naus 3 estrelas de frente para o mar, maravilhoso diga-se de passagem.

aeroportoEnfim dia 27 (madrugada) saída do aeroporto Internacional de Guarulho em um voo noturno (mais barato), viagem tranquila saímos as 23h. em um voo direto. Chegando la pegamos um táxi até o aeroporto que não ficava muito longe, fomos super bem atendidos já na recepção. subimos para o quarto e fomos descansar.

Como estávamos em um hotel 3 estrelas tudo era muito bom e confortável, o café da manhã quase era um almoço, muitas frutas sucos, realmente passamos bem nesse hotel, bom pra nos que havíamos fechado meia pensão (café da manhã e jantar).

 

 

1º dia em porto seguro fomos para a rota do descobrimento, cidade histórica que nos foi recomendado pela recepção do hotel, como era razoavelmente perto nos disseram que dava pra ir de ônibus que passava ali mesmo na frente do hotel.
chegando la vimos um grupo de capoeiristas se apresentando, fomos até e assistimos um belo show. Seguimos nosso tour pelo centro histórico e nos que não somos bobos começamos a seguir um guia da CVC que estava com um grupo grande de turista e aproveitamos disso e nos infiltramos e ouvimos as explicações sobre tudo que havia passado por ali desde a época do descobrimento.

Uma curiosidade são as casas onde se concentrou o primeiro núcleo habitacional do Brasil. Em destaque, a Igreja de Nossa Senhora da Pena (padroeira da cidade) e a Casa de Câmara e Cadeia, que abriga o Museu de Porto Seguro. Na hora do almoço tem muita variedade mas optamos por experimentar um Acarajé, muito bom hem…

2º dia fomos para Trancoso, o centro da vila é tão ou mais famoso que as praias da região! A praça, que abriga a igrejinha, árvores enormes de jaca e casinhas coloridas que funcionam como bares, restaurantes e lojas de dia, o Quadrado como é conhecido, esse local é bem calmo.

Saindo do quadrado seguimos para as praias por um caminho entre um mangue, mas que não entramos rs. A melhor maneira de conhecer as praias de trancoso é caminhando e mergulhando no mar de águas verdes e um cenário maravilhoso. A Praia dos Nativos é a mais próxima da vila a partir dai o destino é a deserta Rio da Barra (direção Arraial d´Ajuda).

Nas praias dos Nativos e de Rio Verde, as barracas das pousadas, tem espreguiçadeiras, sofás e boa música é ótimos drinks. Todas são abertas ao público.

Nessa caminhada também encontramos rios de desembocam no mar, uma delícia, com água bem gelada e em alguns pontos bem fundo.

Ha sim conhecemos algumas pessoas do Sul de de São Paulo no caminho que estavam lá como nós.

As praias de Trancoso são: Praia dos Coqueiros, Praia dos Nativos, Rio da Barra, Rio Verde, Ponta de Itaquena e Itapororoca.

Tudo muito lindo mas ta na hora de voltar, pois dependemos de ônibus, para voltar…

De volta para o hotel, agora é nos preparar para a Passarela do Álcool, que fica no Centro Histórico encontrar os novos amigos e saborear os famosos drinks preparados na hora, em especial dois o Capeta e uma mistura de frutas (morango e graviola) que vira Morangola, muito bem se estiver por la experimentem.

Na minha opinião, achei um pouco desorganizado, mas como em todo lugar tem seus pros e contras… de qualquer forma vale a pena conhecer.

 

3º dia resolvemos apenas dar uma volta pelo centro da cidade ver o comercio local. O centro comercial é afastado das praias e do Centro Histórico. Porém, há boa oferta de ônibus urbanos que levam para a orla.

Aproveitamos para descobrir como chegar em Arraial d´Ajuda sem gastar muito e aproveitar muito, nos informaram que poderíamos ir pela balsa que atravessa o rio Buranhém e que custava bem barato e chegando la pegaríamos uma van que levam aos centrinhos e às praias.

Voltamos para o hotel e ficamos o resto do dia na piscina mesmo e anoite fomos conhecer o o Tôa Tôa que ficava bem pertinho do hotel.

A barraca Tôa Tôa fica no começo da praia de Taperapua, oferece grande estrutura de dia com restaurante, show de dança e suporte de praia com cadeiras e guarda sois, wc, ducha, etc, à noite oferece atrações variadas com shows e balada que atrai especialmente o público jovem, excelente.

 

4º dia Arraial d´Ajuda, Separada de Porto Seguro pelas águas do rio Buranhém, Arraial foi, por muitos anos, acessível apenas através de travessias de balsa. Hoje, uma estrada de asfalto liga a vila ao restante do mundo. Nos fomos de balsa, muito mais perto e da pra aproveitar mais o dia. O centro histórico da vila, tombado pelo Iphan, abriga a  igreja Matriz de Nossa Senhora da Ajuda. A construção, que fica em frente a uma praça, é emoldurada por casinhas simples e coloridas.

Passamos rápido pelo centrinho mas deu pra ver como é agitado e bonito, tem de tudo la desde restaurantes italianos a comida mineira, fora os Paulistas, Israelenses, Cariocas, Holandeses… que transitam por todo lado.

Depois fomos direto apara a Praia Pitanga, mais afastada do centrinho, com bares, pousadas e barracas respeitando o estilo rústico e tropical da vila.

Passamos o dia entre longas caminhadas e quiosques com paradinhas em lagoas que se formavam entre o mar e as falésias, por falar em falésias, algumas acredito eu que mediam 50m de altura, lindo.

Por fim já no final do dia cansados, voltamos para o centrinho pegamos uma van até a balsa e voltamos para o hotel e ainda deu tempo de tomar um banho de piscina.

 

 

5º dia último dia do ano, ficamos no hotel o dia todo tomando um bronze e aproveitando a piscina que diga-se de passagem era maravilhosa, almoçamos por la mesmo aguardando a virada no Tôa Tôa que havíamos comprado convites.

Tivemos a ceia da virada no hotel muito bom e depois fomos para o Tôa Tôa encontrar com nossos novos amigos.

Ficamos la até as 2h da manhã e resolvemos ir para o centro onde tinham montado alguns palcos que iria virar a noite com atrações.

Não preciso nem dizer que as atrações eram bandas de Forró e Axé né, bom mas como estávamos na Bahia poralá…rsrs.

Curtimos a noite inteira entre um palco e outro, até amanhecer muito bom hem… teve até o Xánde e Gaviões do Forró rsrs. Chegamos no hotel por volta as 6h. da manhã

 

6º dia primeiro do ano de 2010, chegamos no hotel por volta as 6h. vimos o nascer do sol da praia enfrente ao hotel, foi lindo embora minha esposa não estivesse mais nesse planeta. rs.

Dormimos até as 11h. e em seguida já fomos para a praia passar o dia para anoite voltar pra casa.

 

Fim…

Share Button

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usá-los HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

Time limit is exhausted. Please reload CAPTCHA.

clear formSubmit